‘É como se o Brasil estivesse voltando aos seus piores tempos’, diz Pepe Mujica

Ex-presidente do Uruguai diz que não é possível dissociar as acusações contra Lula do golpe a Dilma Rousseff. E que no Brasil a extrema direita que está atropelando um conjunto de conquistas e melhoras...

101 0

Ex-presidente do Uruguai diz que não é possível dissociar as acusações contra Lula do golpe a Dilma Rousseff. E que no Brasil a extrema direita que está atropelando um conjunto de conquistas e melhoras sociais. E que tudo que vem acontecendo “gera a imagem de um Brasil muito doente”

 

Por Redação*         Foto Filipe Araujo

 

Em entrevista à BBC Brasil, o ex-presidente do Uruguai José Pepe Mujica, analisando a situação do Brasil disse que não se pode dissociar as acusações contra Lula do golpe que tirou Dilma Rousseff da presidência. E que há um ataque da extrema direita aos direitos sociais dos trabalhadores.

“…É evidente que no Brasil tudo ganhou um tom conspirativo de extrema-direita que está atropelando um conjunto de conquistas e melhoras sociais. E há uma onda regressiva no campo trabalhista para os trabalhadores, isso é um problema sério. Acho também que existe uma direita muito conservadora que está utilizando, entre outras coisas, a influência de mecanismos da Justiça, tentando frear toda possibilidade de resposta progressista ou mais ou menos a favor da grande maioria. Atacar Lula, da maneira como o estão atacando, é impressionante. Colocam a eventual venda de um apartamento em uma praia… (o tríplex no Guarujá). Para um homem que foi presidente durante oito anos da principal potência da América Latina e com o antecedente da retirada de Dilma Rousseff do governo… realmente tudo isso gera a imagem de um Brasil muito doente. E, além disso, aprovam um conjunto de reformas que vão para o passado, (anulando) as medidas que foram implementadas por Getúlio Vargas, que foi um presidente inesquecível e se suicidou por causa da pressão da oligarquia. É como se o Brasil estivesse voltando aos seus piores tempos.
Sobre um golpe de estado no Brasil hoje, Mujica diz: “É que no lugar de se utilizar militares para golpes de Estado, agora se utilizam os subterfúgios jurídicos para a mesma coisa. E isso me provoca imensa dor porque o Brasil é muito importante para toda a América Latina.”

Sobre Temer e suas manobras para a denúncia sobre corrupção passiva ser barrada na Câmara dos Deputados, afirma: “Me dá pena. Pena pelo Brasil por ver o que aconteceu com uma comissão (a Comissão de Constituição e Justiça) que estava estudando as eventuais acusações, e tiveram que mudar a composição dessa comissão. E tudo indica que houve muita influência para poder colocar gente que não decepcionasse o governo. Tudo isso é muito triste. É um cenário que coloca o Brasil, na visão internacional, como uma república muito desprestigiada. O Brasil não merece isso.”



No artigo