Anvisa libera até o fim do ano normas para o cultivo da maconha

Por lei, desde 2006 o cultivo da maconha já é permitido para produção de medicamentos e pesquisa, entretanto, a falta de regulamentação para o plantio da erva acaba impedindo o processo.

300 0

Por lei, desde 2006 o cultivo da maconha já é permitido para produção de medicamentos e pesquisa, entretanto, a falta de regulamentação para o plantio da erva acaba impedindo o processo.

Da Redação*

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância) irá elaborar uma norma para regular o cultivo da Cannabis Sativa para pesquisas e produção de extratos ou futuros medicamentos. A medida deve ser anunciada até o fim do ano.

Por lei, desde 2006 o cultivo da maconha já é permitido para produção de medicamentos e pesquisa, entretanto, a falta de regulamentação para o plantio da erva acaba impedindo o processo.

Segundo a Folha de São Paulo, as regras começaram a ser editadas pela Anvisa já no fim de agosto. Para elaborar as regras, a agência tem acompanhado de perto projetos similares nos EUA, Holanda, Canadá, Inglaterra e Israel.

As regras devem estabelecer critérios como a quantidade de plantas permitidas para cultivo e segurança. Entretanto, o plantio não deve ser autorizado à população a princípio.

Quem poderá cultivar a planta serão laboratórios públicos, empresas e universidades, por exemplo. Associações de usuários dos medicamentos poderão ter acesso às ervas por parceria com as instituições, por exemplo.

Atualmente, quem utiliza remédios à base de maconha no Brasil importa de outros países, a preço muito caro, ou recorre à Justiça para obter autorização para o cultivo e produção dos extratos de forma legal.

*Com informações da Folha

Photo by Maj. Will Cox/Released)

 



No artigo

x