Cantor oficial do Planalto, Sérgio Reis é o campeão de emendas parlamentares de Temer

O deputado Sérgio Reis (PRB-SP), defensor ferrenho de Temer, foi o cantor da festa de um ano de governo pós-impeachement e lidera a lista de emendas parlamentares pagas pelo governo. Entre os deputados que...

185 0

O deputado Sérgio Reis (PRB-SP), defensor ferrenho de Temer, foi o cantor da festa de um ano de governo pós-impeachement e lidera a lista de emendas parlamentares pagas pelo governo. Entre os deputados que mais receberam emendas, está, por exemplo, Paulo Maluf, que também defende Temer no Congresso 

Por Redação* 

Não é à toa que Michel Temer tem facilidade para emplacar e vencer pautas no Congresso. De acordo com levantamento do The Intercept Brasil, somente em 2017 já foram liberados cerca de R$ 1,5 bilhão de reais a 737 deputados com e sem mandato. Inúmeras emendas parlamentares começaram a ser liberadas, inclusive, nos últimos meses como forma de o governo garantir apoio de deputados para que votem contra a denúncia por corrupção passiva contra Temer que está sendo analisada pela Câmara.

A lista dos deputados que mais receberam emendas parlamentares este ano é liderada por Sérgio Reis (PRB-SP). Defensor ferrenho de Temer, o cantor sertanejo foi o músico oficial da festa de um ano do governo pós-impeachment, em maio deste ano. Na ocasião, Reis cantou para políticos, deputados, ministros, aliados de Temer e para o próprio Temer em um refinado restaurante italiano de Brasília, o Trattoria do Rosário. Ao todo, Sérgio Reis foi beneficiado com R$ 8,4 milhões em emendas parlamentares.

Quem também está na lista dos que mais receberam emendas do governo é Paulo Maluf (PP-SP), membros da CCJ, e que votou contra o andamento da denúncia de corrupção contra Temer. Ele recebeu R$ 6.768.072 em emendas. Na sessão em que votou contra o andamento da denúncia, o ex-prefeito de São Paulo afirmou Temer é um “homem honesto, probo, correto e decente que está sendo acusado de maneira absolutamente imprópria”.

Leia a reportagem completa no The Intercept Brasil.

Foto: Reprodução/TV Câmara 

 



No artigo

x