Jogador brasileiro do Chelsea é afastado por brincadeira xenófoba com chinês

Por conta da brincadeira sem graça do jogador brasileiro Kenedy, o clube inglês pode ser banido do país. Governo mandou apagar da imprensa qualquer menção ao Chelsea e principal jornal do Partido Comunista mandou...

289 0

Por conta da brincadeira sem graça do jogador brasileiro Kenedy, o clube inglês pode ser banido do país. Governo mandou apagar da imprensa qualquer menção ao Chelsea e principal jornal do Partido Comunista mandou recado ao atleta: “Se mantenha de boca calada ou nunca terá respeito e tampouco será bem-vindo aqui”

Por Redação 

O clube inglês Chelsea, um dos principais da Europa e do futebol mundial, pode ser banido de entrar na China por conta de uma brincadeira sem graça de um jogador brasileiro. No último final de semana, o clube estava em Pequim para um amistoso com o rival Arsenal. No sábado, já na China, o jogador brasileiro Kenedy zombou de um segurança chinês pelas redes sociais.

Ao postar uma foto do homem, o jogador escreveu: “Acorda china vacilão” e “porra china”.

Chineses e a própria diretoria do Chelsea acharam as mensagens ofensivas e de cunho xenófobo. No domingo (23), o clube divulgou comunicado com um pedido de desculpas e informou que mandou Kenedy de volta para a Inglaterra, como punição. O jogador, por sua vez, apagou a postagem das redes sociais.

Mesmo com o pedido de desculpas, o governo chinês não gostou nada da “brincadeira” e acabou punindo o Chelsea. De acordo com o jornal britânico The Sun, o governo mandou a imprensa apagar toda e qualquer menção ao time europeu. O jornal “Diário do Povo”, principal publicação do Partido Comunista Chinês, por sua vez, mandou recado ao atleta: “Se mantenha de boca calada ou nunca terá respeito e tampouco será bem-vindo aqui”.

 



No artigo

x