Ponte: PCC agora tem página na internet

Página divulga o estatuto da facção, dicionário e uma cartilha criada pelo grupo, contendo orientações de conduta para seus integrantes Por Ponte Jornalismo ...

206 0

Página divulga o estatuto da facção, dicionário e uma cartilha criada pelo grupo, contendo orientações de conduta para seus integrantes

Por Ponte Jornalismo 

O PCC (Primeiro Comando da Capital), a maior e mais temida facção criminosa do país, ganhou um site na internet.

A página, intitulada “PCC Primeiro Comando da Capital 1533”, exibe notícias, artigos e estatísticas sobre a organização criminosa.

O site divulga ainda o estatuto da facção e uma cartilha criada pelo grupo, contendo orientações de conduta para seus integrantes.

E também traz o “Dicionário PCC”, considerado pela organização como “uma ferramenta na condução e preparação de novos líderes”.

Até a conclusão deste texto, o endereço do site na internet era: www.aconteceuemitu.org.

A última publicação na página foi feita no dia 16 deste mês, sob o título “As arlequinas abandonadas do Primeiro Comando PCC”.

No texto não consta o nome do autor. Trata-se, no entanto, da história de uma pessoa que tem um sobrinho recolhido num presídio no bairro  Aparecidinha, em Sorocaba, interior de São Paulo.

Essa pessoa leva a mulher de seu sobrinho para visitá-lo na prisão. O texto diz que em torno do presídio mulheres fazem filas para visitar o marido, pai, filho ou irmão presos.

E compara com o fato de que, nas penitenciárias femininas, as presas quase não têm visitas e são conhecidas como “arlequinas”  ou “mulheres abandonadas” pela família.

Outro texto, publicado no dia 9/07, é intitulado “Quem são e o que fazem os disciplinas do PCC?”

Leia a matéria completa no site da Ponte Jornalismo.



No artigo

x