Na denúncia contra Temer, maioria de deputados indecisos é de SP e do DEM

Na lista publicada pelo site 342agora.org.br, o partido que tem mais indecisos é o DEM, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, com 19 deputados. No estado de São Paulo, são 20 deputados que dizem não...

89 0

Na lista publicada pelo site 342agora.org.br, o partido que tem mais indecisos é o DEM, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, com 19 deputados. No estado de São Paulo, são 20 deputados que dizem não saber como votarão. Por ironia, no PSDB ninguém se declara indeciso, mas são 23 deputados a favor e 23 contra Temer

 

Por Redação    Foto: Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados/FotosPúblicas

 

Na lista de como vão votar os deputados na denúncia contra o presidente Temer, o site 342agora.org,br aponta que existem 207 deputados a favor da investigação e que o processo vá para o Supremo Tribunal Federal, STF. Contra são 160 contra e 146 se declaram “indecisos”. Na votação prevista para esta semana, é necessário que pelo menos 342 deputados votem a favor da denúncia, senão Temer escapa do processo. Para pressionar clique aqui.

Analisando as maiores bancadas dos partidos e dos estados, destacam-se alguns números. O partido que tem o maior número de “indecisos” é o DEM, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que pode assumir a presidência em caso de afastamento de Temer. De seus 29 deputados, 19 dizem ainda não saber como vão votar. Entre eles o próprio Rodrigo Maia.

Porém, proporcionalmente, outro partido se destaca. Dos 23 deputados do PRB, 16 estão em cima do muro, entre eles o ex-candidato a prefeito de São Paulo Celso Russomano. É bom lembrar que o PRB é o partido ligado à Igreja Universal, do pastor Edir Macedo. Devem votar em bloco no que a direção mandar. O que não se sabe é se ainda existem negociações ou se foram orientados a não revelar voto já definido.

Falando em muro, no PSDB, desta vez, não há ninguém que se declare indeciso. Mas, curiosamente, dos seus 46 deputados, 23 se declaram a favor e 23 contra Temer.

Por estados, a indecisão é maior em São Paulo, também dono da maior bancada na Câmara. São 20 deputados que dizem não saber pra que lado vão votar, dos 70 da bancada estadual. O Rio de Janeiro vem a seguir, com 17 deputados “indecisos”.

Semana decisiva — A votação do prosseguimento da denúncia contra Temer está prevista para a próxima quarta-feira. Para que a denúncia seja autorizada a ir para o Supremo são necessários 342 votos a favor. Ausências e abstenções contam favor do atual governo. Por isso é necessário ficar de olho e pressionar os deputados. O governo já mandou recado a todos os deputados que quem votar contra Temer perderá os cargos de seus indicados. Além disso distribuiu bilhões de reais para emendas propostas por eles.

 



No artigo

x