Bloqueios contra Temer param estradas de São Paulo

Os manifestantes afirmam que o objetivo é pressionar o Congresso Nacional a aceitar a denúncia criminal contra Temer.

155 0

Os manifestantes afirmam que o objetivo é pressionar o Congresso Nacional a aceitar a denúncia criminal contra Temer.

Da Redação*

Bloqueios em protesto ao governo Temer ocorrem na manhã desta quarta-feira (2) em várias estradas do Brasil. Com barricadas de fogo, as rodovias Régis Bittencourt, Anchieta e Presidente Dutra, e a estrada M’Boi Mirim foram paradas.

Os protestos ocorrem no dia em que a Câmara dos Deputados decidirá se autoriza ou não que o STF (Supremo Tribunal Federal) processe o chefe do Executivo nacional, denunciado por corrupção passiva pela PGR (Procuradoria-Geral da República). Essa é a primeira vez na história do país que um presidente recebe uma acusação formal.

O Corpo de Bombeiros de São Paulo informou ter deslocado, no total, oito viaturas para ocorrências envolvendo barricadas de fogo. A situação já foi normalizada nas rodovias Anchieta, na altura de São Bernardo do Campo (km 23), e Presidente Dutra (altura do km 209), via que liga São Paulo ao Rio de Janeiro. O trânsito foi liberado.

Na M’Boi Mirim, de acordo com a CET-SP, os manifestantes ocupavam uma faixa na altura da rua Clameci, no sentido bairro. O bloqueio feito por manifestantes da Frente Povo Sem Medo ainda continuava no local, por volta das 8h. Os motoristas devem evitar a via da zona sul, nos dois sentidos.

Sem teto queimam boneco com o rosto de Rodrigo Maia na zona sul de SP

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto queimaram bonecos com o rosto do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM). Em outros pontos, eles atearam fogo a pneus. Os manifestantes afirmam que o objetivo é pressionar o Congresso Nacional a aceitar a denúncia criminal contra Temer.

Na Régis Bittencourt, que liga São Paulo ao Paraná, o Corpo de Bombeiros informou que ainda está apurando se as chamas foram apagadas. O bloqueio foi feito na altura de Taboão da Serra, na região metropolitana. Há pontos de retenção na via, mas o trânsito também já foi liberado.

*Com informações do UOL

Fotos: MTST



No artigo

x