Deputado rasga com a boca “pixuleco” de Wladimir Costa, o parlamentar que tatuou “Temer”

Paulo Teixeira (PT-SP) não deixou o deputado tatuado zombar do ex-presidente Lula na sessão que votará a denúncia por corrupção contra Michel Temer  Por Redação...

208 0

Paulo Teixeira (PT-SP) não deixou o deputado tatuado zombar do ex-presidente Lula na sessão que votará a denúncia por corrupção contra Michel Temer 

Por Redação

A sessão desta quarta-feira (2) da Câmara dos Deputados em que será votada a denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer está sendo marcada por discussões e bate boca.

Em meio e elogios a elogios ao peemedebista, “chuva” de dinheiro falso e até mesmo uma mala representando a mala com a suposta propina carregada pelo ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, uma cena chamou a atenção. O deputado Wladimir Costa (SD-PA), aquele que tatuou o nome de Temer no ombro, tentou zombar do ex-presidente Lula levando ao plenário um “pixuleco” – boneco inflável que faz alusão ao petista com roupa de presidiário.

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) não gostou, arrancou o boneco da mão de Wladimir e o rasgou com os dentes.

Neste momento, deputados fazem o voto nominal contra ou a favor do parecer da CCJ sobre a denúncia.

Foto: Reprodução/Twitter 



No artigo

x