Novas denúncias de Janot contra Temer: obstrução de justiça e chefe de organização criminosa

Procurador-geral da República garantiu que a vitória do peemedebista na Câmara dos Deputados não vai interferir nas investigações que estão em curso.

146 0

Procurador-geral da República garantiu que a vitória do peemedebista na Câmara dos Deputados não vai interferir nas investigações que estão em curso.

Da Redação*

Michel Temer conseguiu se livrar de processo no Supremo Tribunal Federal (STF). Pelo menos, por enquanto. Mas é bom ele não festejar muito, pois o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que o triunfo do peemedebista na Câmara dos Deputados não vai interferir nas investigações em curso. O chefe do Ministério Público Federal já está com a próxima denúncia contra Temer engatilhada.

Janot está aprofundando as investigações, que sustentarão mais uma denúncia, desta vez por obstrução de Justiça no caso JBS. O material promete ser ainda mais devastador do que o primeiro. Além disso, de acordo com um investigador, em outro processo Temer também deverá ser apontado como chefe de organização criminosa. O peemedebista deverá ser apontado como comandante do grupo integrado por ele, pelos ex-deputados Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves, entre outros políticos do PMDB na Câmara Federal.

*Com informações do Brasil 247

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

 



No artigo

x