SP: Doria corta salários de artistas do Municipal

Gestão ficará dois meses sem pagar salários de cerca de 280 artistas que compõem o Balé da Cidade, o Coral Lírico, o Coral Paulistano e a Orquestra Sinfônica

738 0

Gestão ficará dois meses sem pagar salários de cerca de 280 artistas que compõem o Balé da Cidade, o Coral Lírico, o Coral Paulistano e a Orquestra Sinfônica

Da Redação

O prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) deixará de pagar dois meses de salário de artistas do Teatro Municipal neste ano. A gestão alega que, dessa forma, conseguirá fechar 2017 sem fazer demissões.

O secretário municipal de cultura, André Sturm, afirma que a medida é decorrente de dívidas e despesas herdadas da gestão anterior de Fernando Haddad (PT). Diz também que “o País todo vive um momento ruim, de dificuldade financeira, e São Paulo não é exceção”.

Já Haddad rebate: “Atribuir responsabilidades à gestão anterior, sete meses depois da posse, é um clássico recorrente de quem se propunha apenas ser um gestor e acabou sendo um político do lado errado da história”.



No artigo

x