Bispo defende que homossexualidade pode ser dom de Deus

“Se não é escolha, se não é doença, na perspectiva da fé só pode ser um dom. É dado por Deus”

274 0

Da Redação

O bispo Dom Antônio Carlos Cruz Santos, de Caicó (RN), fez um sermão contra o preconceito, durante missa de encerramento da Festa de Santana de Caicó, no último domingo (30).

“Na perspectiva da fé quando a gente olha para a homossexualidade a gente não pode dizer que é opção. Opção é alguma coisa que livremente você escolhe e orientação ninguém escolhe”, explicou. “Se não é escolha, se não é doença, na perspectiva da fé só pode ser um dom. É dado por Deus”, completou.

Segundo o bispo, são “tantos irmãos e irmãs com orientação homoafetiva que se sentem incompreendidos e não amados pela igreja, pelas suas famílias, pela sociedade e até por si mesmo, como acontecia na época da escravidão”.

“Talvez por conta dos nossos preconceitos a gente não consiga perceber o dom de Deus, assim como o preconceito com os negros”, disse.

Assista:

 

(Foto: Paulo Pinto)



No artigo

x