Doria vai receber título de cidadão soteropolitano e baianos protestam

Político paulista foi convidado a receber a honraria, o que foge completamente do sentido real da homenagem

189 0

Por Mídia Lampião

Nesta segunda-feira (7), o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) receberá o título de cidadão soteropolitano sob protestos da população baiana. Mesmo sem ter prestado nenhum serviço relevante para o estado ou município, o político paulista foi convidado a receber a honraria, o que foge completamente do sentido real da homenagem.  Os manifestantes acreditam que seja mais uma articulação do prefeito ACM Neto (DEM), visando uma possível candidatura como vice-presidente na chapa de Doria, nas eleições de 2018.

A proposição aprovada pela Câmara Municipal de Salvador teve autoria do vereador de primeiro mandato, Felipe Lucas (PMDB). Ele argumenta que Dória é filho de “um quatrocentão baiano”, “descendente do clã Costa Dória”, e cujos “antepassados chegaram à Bahia com Tomé de Souza para fundar Salvador”.

Fato curioso é que Dória já teve títulos de cidadão aprovado em outras cidades, dentre elas Rio de Janeiro, Recife, Campina Grande e Florianópolis. Apontado como possível candidato à presidência em 2018, Dória ao que tudo indica, parece já ter começado sua corrida política no Brasil.

Banho frio

Doria coleciona polêmicas em sua gestão. No início desse mês, moradores de rua o acusaram de mandar jogar jato de água neles enquanto dormiam, em dias de extremo frio em São Paulo. O político rotulou o caso apenas como “descuido”. O “prefake”, como foi apelidado por parte da população paulistana, também foi responsável pela expulsão violenta de moradores da Cracolândia.

No início do ano, outra ação do prefeito gerou indignação dos paulistanos. Dória ordenou que retirassem os grafites que enfeitavam os murais da cidade, artes que já haviam sido liberadas pela gestão anterior. Mais tarde, ele autorizou o aumento do limite de velocidade nas marginais Tietê e Pinheiros, o que refletiu em um aumento dos acidente nas vias.

Segundo informações do Coletivo de Ação Fora Temer, o ato contra a entrega do título terá ainda a participação do movimento Fora João Dória.

Veja abaixo convite do Coletivo Fora Temer para o Escracho:



No artigo

x