Deputado devolve a reitor da USP as bombas que ele mandou a PM jogar em estudantes

O vídeo é hilário. Em comissão na Assembleia Legislativa de São Paulo, Carlos Giannazi (PSOL) levou ao reitor da USP, Marco Antonio Zago, as cápsulas das bombas que ele mandou a Polícia Militar lançar...

3238 0

O vídeo é hilário. Em comissão na Assembleia Legislativa de São Paulo, Carlos Giannazi (PSOL) levou ao reitor da USP, Marco Antonio Zago, as cápsulas das bombas que ele mandou a Polícia Militar lançar contra estudantes e professores em uma manifestação contra os desmontes na universidade. Reitor ficou possesso e lançou os objetos contra o deputado. Assista 

Por Redação 

Em uma sessão especial na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), na última quarta-feira (9), o reitor da Universidade de São Paulo (USP), Marco Antonio Zago, foi “presenteado” com cápsulas das bombas de gás e de efeito moral lançadas pela Polícia Militar que ele mesmo mandou acionar para reprimir uma manifestação de estudantes, professores e trabalhadores da universidade em 7 de março.

Quem levou o presente foi o deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL). Professor, Giannazi estava na manifestação naquele dia em que alunos, professores e funcionários foram massacrados por protestarem contra uma reunião do Conselho Universitário que votaria cortes no orçamento. Na sessão da Alesp, Giannazi afirmou que não há empenho dos reitores na luta pelo aumento do financiamento das universidades e que Zago, principalmente, era um pioneiro nas práticas que estão resultando no maior desmonte universitário já visto no país.

“O Zago foi pioneiro. Criou uma espécie de laboratório na USP para o que viria depois. PEC 55, reforma trabalhista, reforma da previdência”, disse o deputado pouco antes de mostrar as bombas que havia colhido naquela manifestação.

“Mas o que eu fiquei chocado mesmo é que o reitor chamou a Tropa de Choque para massacrar estudantes, professores e funcionários. Fomos recebidos com bombas e eu, que quase fui atingido, inclusive, guardei várias delas para mostrar aqui para vocês. Quero presentear o reitor com as bombas que ele mandou lançar”, afirmou o deputado, mostrando as bombas e comparando Zago a Luís Antonio da Gama e Silva, reitor da USP no golpe militar de 1964.

Zago, por sua vez, ficou possesso e, ao receber do deputado a sacola com as cápsulas das bombas, atirou-as de volta contra o parlamentar.

Assista.



No artigo

x