Nos Estados Unidos, extrema-direita sai às ruas e brada: “Sou nazista, sim”

Cresce cada vez mais, nos Estados Unidos e ao redor do mundo, o número de seguidores de grupos neonazistas adeptos da ideologia da supremacia branca, racistas e xenófobos. Nesta sexta-feira, um desses grupos marchou...

1602 0

Cresce cada vez mais, nos Estados Unidos e ao redor do mundo, o número de seguidores de grupos neonazistas adeptos da ideologia da supremacia branca, racistas e xenófobos. Nesta sexta-feira, um desses grupos marchou em uma cidade norte-americana com bandeiras nazistas e palavras de ordem contra os negros, judeus e imigrantes 

Por Redação 

Cresce cada vez mais, nos Estados Unidos e ao redor do mundo, o número de seguidores de grupos neonazistas adeptos da ideologia da supremacia branca, racistas e xenófobos. Nesta sexta-feira (11), um desses grupos marchou em uma cidade norte-americana com bandeiras nazistas e palavras de ordem contra os negros, judeus e imigrantes.

A marcha aconteceu na cidade universitária de Charlottesville, no Estado americano de Virgínia, e foi um “esquenta” para um evento marcado para este sábado (12), o “Unir a Direita”, organizado por adeptos do Alt-Right, uma abreviação de “alternative right”, ou “direita alternativa”, em português.

Essas pessoas resgatam o nazi-fascismo e acreditam que devem defender a supremacia branca pois os Estados Unidos, segundo eles, será tomado pelos imigrantes. Havia, de acordo com reportagem exclusiva da BBC Brasil, inclusive, pais com crianças.

Os relatos são assustadores. Confira a reportagem completa no site da BBC Brasil.

Para se ter uma ideia de como as ideias de grupos neonazistas vêm se difundido cada vez mais, um festival de rock “contra a desnacionalização”, com inúmeras referências nazistas, reuniu mais de 6 mil pessoas, no mês passado, em uma cidade Alemã

Foto: Reprodução/Twitter 



No artigo