Bahia, Pernambuco e mais 8 estados mudariam apenas um deputado se o “Distritão” existe nas eleições de 2014

Mesmo com dois entre os dez maiores colégios eleitorais do Brasil, as mudanças seriam mínimas nestes locais. Da Redação Com o debate do chamado...

497 0

Mesmo com dois entre os dez maiores colégios eleitorais do Brasil, as mudanças seriam mínimas nestes locais.

Da Redação

Com o debate do chamado “distritão”, levantado nesta semana, a Fórum fez uma análise dos efeitos desse sistema, caso ele existisse nas eleições de 2014. Um dos resultados obtidos foi que na Bahia, em Pernambuco, Goiás, Alagoas, Amapá, Piauí, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins, as mudanças seriam mínimas. Cada um destes estados teria apenas um novo deputado federal eleito.

Vale destacar que Salvador (BA) e Recife (PE) são dois entre os dez maiores colégios eleitorais do Brasil, com a 4º e 9º colocações – respectivamente. Fato que acabam não sendo muito relevante para influenciar mudanças entre eleitos com maior número de votos, no sistema do “distritão”, em comparação com o atual sistema de voto proporcional. A curiosidade fica pelo estado de Goiás, que teria eleito o apresentador Jorge Kajuru (PRP). Abaixo você confere as mudanças em cada um desses estados:

 

“Distritão”

Na madrugada da última quinta (10), foi aprovado o chamado “distritão” em votação da comissão especial da Câmara que analisa a Proposta de Emenda Constitucional sobre a reforma política. O texto original da PEC 77/03, de relatoria do deputado Vicente Candido (PT-SP), não previa este item, que foi posto em votação como um destaque proposto pelo PMDB – e acabou vencendo, por 17 votos a 15.

O “distritão” é o sistema onde são eleitos os deputados com mais votos, como nas disputas majoritárias – para presidente, governador ou prefeito. Desta forma, é ignorado o peso dos votos que cada partido ou coligação conquistaram nas urnas. Entretanto, para que possam valer já nas eleições de 2018, essas mudanças precisam passar – até setembro – pelos plenários da própria Câmara e do Senado.

Fonte: dados oficiais do TSE sobre as eleições de 2014

Foto: Antônio Cruz/ Agência Brasil



No artigo

x