Kátia Abreu é expulsa do PMDB

Apesar de contar em seus quadros com nomes como Sérgio Cabral, Eduardo Cunha, Romero Jucá e Michel Temer, Comissão de Ética e Disciplina acabou punindo a senadora, por ter votado contra matérias defendidas pelo partido.

1452 0

Apesar de contar em seus quadros com nomes como Sérgio Cabral, Eduardo Cunha, Romero Jucá e Michel Temer, Comissão de Ética e Disciplina acabou punindo a senadora, por ter votado contra matérias defendidas pelo partido.

Da Redação*

O PMDB conta em seus quadros com nomes como Michel Temer, Romero Jucá, Eduardo Cunha e Sérgio Cabral. Entretanto, a Comissão de Ética e Disciplina do partido decidiu, por unanimidade, expulsar a senadora Kátia Abreu, ex-ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento no governo de Dilma Rousseff (PT). As alegações são que ela feriu a ética e a disciplina partidária ao criticar a legenda, peemedebistas como Michel Temer e por ter votado contra matérias defendidas pelo governo. Em sua defesa, Kátia citou políticos do partido que têm enfrentado problemas de ordem criminal, alguns já presos, mas nenhum punido pela legenda.

A expulsão atendeu a uma representação do diretório regional do Tocantins. Para a acusação, ao discursar contra a aprovação da Reforma Trabalhista e criticar peemedebistas como o governador do Tocantins, Marcelo Miranda, Temer e Romero Jucá, a senadora praticou atos “nocivos, provocativos e desrespeitosos” e promoveu “inequívoca afronta ao partido”.

Em sua defesa, Kátia indicou 24 testemunhas, entre elas políticos do Tocantins. A senadora lembrou que a legenda não propôs nenhum tipo de punição a filiados condenados por crimes graves, como corrupção e formação de quadrilha. No documento, Kátia citou políticos do partido que têm enfrentado problemas de ordem criminal, sendo que alguns já foram condenados e presos – como o ex-deputado Eduardo Cunha e o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral. “Até mesmo o presidente da República foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República”, lembra. O partido, contudo, não questionou a conduta de nenhuma desses filiados.

*Com informações do Brasil 247

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Fotos Públicas



No artigo

x