Aloysio Nunes dispara: “(novo programa do PSDB) não me representa”

Declaração do ministro das Relações Exteriores torna cada vez mais clara a divisão existente entre os tucanos. Da Redação* Por meio de postagem feita...

681 0

Declaração do ministro das Relações Exteriores torna cada vez mais clara a divisão existente entre os tucanos.

Da Redação*

Por meio de postagem feita nas redes sociais, o ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes não poupou críticas à propaganda de seu próprio partido, veiculada na noite desta quinta-feira (17) – em rede nacional. Logo nas primeiras linhas, Nunes afirma que o vídeo expressa “uma confusão política” do PSDB.

Logo abaixo, o alvo foi o slogan: “o PSDB errou”. “Eu diria aos que conceberam e aprovaram essa mensagem: alto lá! Os governos tucanos que apoiei ou dos quais participei não se reconhecem nessa caricatura. Tenho 30 anos de vida parlamentar e nunca recebi dinheiro ou pedi vantagens para apoiar as agendas em que acredito”, contestou.

Segundo o ministro de Temer, o PSDB deu um verdadeiro “tiro no pé” ao assumir que teria “aceitado e praticado” irregularidades na política e ainda desafiou: “Que se aponte com clareza quem são os impuros, porque eu, como ministro, não visto a carapuça”. Nunes diz ainda que o programa partidário deve ter feito sucesso entre os membros de outro partido. “O PT, aliás, do Lula ao mais modesto dos seus aderentes, deve estar dando gargalhadas diante desse enorme tiro que a direção interina do PSDB desferiu no nosso próprio pé”, lamentou.

Ainda não faltou uma tentativa de defender os ministros do PSDB que, assim como ele, integram o governo Temer. “Não foram negociados por baixo do pano, por fisiologismo ou apego aos cifrões que aparecem nos olhos dos bonequinhos em que o programa representa ‘os políticos'”, afirmou.

Ao final, Aloysio Nunes resumiu a longa postagem dizendo: “esse programa não me representa”. E que, apesar de fazer parte do partido há mais de 20 anos, não foi consultado sobre a concepção da propaganda. “Ele (o programa) passa ao largo dos problemas urgentes do país e das opções que o PSDB tem o dever de apresentar para seu enfrentamento”, concluiu.

Atualmente, o PSDB ocupa quatro ministérios no Governo: Relações Exteriores (Aloysio Nunes), Cidades (Bruno Araújo), Secretaria de Governo (Antônio Imbassahy) e Direitos Humanos (Luislinda Valois).

Confira a postagem na íntegra:

*com informações do UOL
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil



No artigo

x