Lula: “Esse país não nasceu para ser a merda que ele está”

Ex-presidente se irritou ao lembrar que o governo de Michel Temer gastou R$ 14 bilhões para se manter no poder, mas não faz investimentos nas demandas sociais.

1084 0

Ex-presidente se irritou ao lembrar que o governo de Michel Temer gastou R$ 14 bilhões para se manter no poder, mas não faz investimentos nas demandas sociais.

Da Redação*

Dando continuidade à caravana pelo Nordeste, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a se irritar, neste sábado (19), pela manhã, ao criticar, em discurso, a maneira demagógica de agir do governo de Michel Temer (PMDB). “Esse país não nasceu para ser a merda que ele está”, disparou Lula, ressaltando ainda que “precisamos de um governo de credibilidade, eleito democraticamente pelo povo”.

Lula se referia, especificamente, ao fato de o governo promover ajuste fiscal, diminuindo o salário mínimo e cortando auxílio-doença, enquanto gasta bilhões em emendas parlamentares, com o objetivo de conseguir apoio de deputados para escapar de denúncia de corrupção. “Se o Temer teve 14 bilhões pra se manter no poder, deveria ter 14 bi para fazer investimentos sociais e as mudanças que este país precisa”, discursou, durante encontro com prefeitos e vereadores de diversos partidos, em Feira de Santana, na Bahia.

“Se você quiser resolver os problemas econômicos do Brasil não adianta ficar cortando orçamento. Tem que colocar o pobre no orçamento. Quando o pobre tem R$10 na mão, corre pra venda comprar feijão. O rico com um milhão corre pra depositar no banco. O pobre gira a economia”, destacou o petista. Assista abaixo à íntegra de seu discurso:

*Com informações do Brasil 247

Foto: Ricardo Stuckert/Fotos Públicas



No artigo

x