Nadador espanhol faz um minuto de silêncio sozinho

Pedido de Fernando Álvarez para homenagear vítimas de Barcelona foi recusado pela Federação Internacional de Natação, durante Mundial de Budapeste.

1160 0

Pedido de Fernando Álvarez para homenagear vítimas de Barcelona foi recusado pela Federação Internacional de Natação, durante Mundial de Budapeste.

Da Redação*

Um gesto de profundo respeito e solidariedade roubou a cena durante o Campeonato Mundial de Natação Masters, disputado entre 7 e 20 de agosto, em Budapeste, na Hungria. O nadador espanhol Fernando Álvarez pediu que fosse feito um minuto de silêncio, em memória das vítimas do ataque terrorista de Barcelona, mas a solicitação foi recusada pela organização da competição, disputada em Budapeste, na Hungria.

Álvarez não teve dúvida e resolveu, então, cumprir a homenagem sozinho. Ao sinal para iniciar a prova de 200 metros peito, o nadador permaneceu em cima da prancha em silêncio, enquanto os restantes nadadores começaram a nadar. “Disseram-me que não era possível, porque não se podia perder nem um minuto”, contou o nadador, sobre seu pedido, enviado à Federação Internacional de Natação. “Fiquei parado e saí um minuto depois. Senti como se tivesse ganho todos os ouros do mundo”, disse ao jornal ‘El Español’.

Reeditamos esta matéria para adicionar a informação que o Campeonato era Masters.

*Com informações do esportefera

Foto: Reprodução/Notícia do Minuto

 



No artigo

x