Temer quer discursar na despedida de Janot

Desde que foi delatado por Joesley Batista, em maio, peemedebista passou a atacar Rodrigo Janot e o acusa de perseguição política e de ter "ideia fixa" para destituí-lo do cargo.

556 0

Desde que foi delatado por Joesley Batista, em maio, peemedebista passou a atacar Rodrigo Janot e o acusa de perseguição política e de ter “ideia fixa” para destituí-lo do cargo.

Da Redação*

Pessoas próximas a Michel Temer garantem que o peemedebista tem sinalizado com o desejo de discursar na cerimônia de posse da nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, marcada para o dia 18 de setembro, na sede da Procuradoria Geral da República (PGR). A informação é do blog da jornalista Andréia Sadi, no G1.

Temer, ainda de acordo com esses interlocutores, comparecerá à posse de Raquel Dodge na PGR e ainda está avaliando discursar na cerimônia, que marcará também a despedida do cargo de Rodrigo Janot, atual procurador-geral da República. Os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff também discursaram nas posses dos procuradores-gerais que nomearam, como Roberto Gurgel e o próprio Janot.

Desde que foi delatado pelo empresário Joesley Batista, em maio, Temer passou a atacar Rodrigo Janot. Ele acusa o procurador de perseguição política e de ter “ideia fixa” para destituí-lo do cargo. Há algumas semanas, o peemedebista pediu ao Supremo Tribunal Federal a suspeição de Janot em casos que o envolvam, incluindo o inquérito da JBS.

*Com informações do blog de Andréia Sadi
Fotos: Valter Campanato/Agência Brasil e Marcelo Camargo/Agência Brasil



No artigo

x