Lula visita família Campos em Pernambuco em meio a especulações sobre reaproximação

Vários movimentos que o ex-presidente tem feito indicam a construção de uma frente ampla de centro esquerda.

946 0

Vários movimentos que o ex-presidente tem feito indicam a construção de uma frente ampla de centro esquerda.

Da Redação*

Em meio a especulações de uma reaproximação entre o PT e o PSB, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) esteve na casa da viúva do ex-governador Eduardo Campos, Renata Campos, no bairro de Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife, na noite dessa quinta-feira (24). O encontro durou cerca de duas horas e Lula chegou ao local sem nenhuma das lideranças petistas que o acompanha na caravana que faz por Pernambuco. Apenas a vice-prefeita de Aracaju, Eliane Aquino (PT) – viúva do ex-governador Marcelo Déda (PT), estava com ele.

Na casa de Renata, além dos filhos que comemoravam o aniversário de Maria Eduarda, também estavam a mãe de Campos e ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, o governador Paulo Câmara e o prefeito do Recife, Geraldo Julio, todos do PSB.

Reprodução/Twitter

Lula e família Campos, durante visita nesta quinta (24) – Foto: Reprodução Twitter

De acordo com informações oficiais, o encontro foi de caráter pessoal. Segundo lideranças próximos a Lula, o ex-presidente ficou “extremamente tocado” com a visita feita por Renata a ele quando sua esposa, Marisa Letícia, estava internada em São Paulo. Ela morreu vítima de um AVC. Quando Campos faleceu, em 2014, apesar de já estarem politicamente distantes, Lula também fez questão de participar do velório do ex-governador e prestar solidariedade. Eduardo foi ministro de Ciência e Tecnologia na gestão do petista e foi um dos governadores mais próximos ao ex-presidente na época.

Mesmo que simbolicamente, a visita de Lula a Renata é dotada de um teor político, já que nos últimos dias iniciou-se uma série de rumores de reaproximação do PT com o PSB, que romperam a aliança em 2013, quando Campos decidiu disputar a presidência da República.

Ao comentar sobre o encontro, o presidente do PT em Pernambuco, Bruno Ribeiro, chegou a criticar a aspereza impregnada atualmente entre os políticos e disse que apesar das divergências as relações pessoais entre as forças devem ser mantidas. Ribeiro já descartou uma reaproximação com o PSB. Apesar disso, outros petistas, como o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, também vem pregando um realinhamento. De passagem pelo Recife, no último dia 11, ele se reuniu com Paulo Câmara para conversarem sobre 2018.

CARAVANA

Em caravana pelo Nordeste desde 17 de agosto de 2017, o petista chegou hoje na capital de Pernambuco. Os senadores Humberto Costa (PT-PE), Gleisi Hoffmann (PT-RS) e Lindbergh Farias (PT-RJ) e o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) acompanhavam a comitiva do ex-presidente.

Lula está hospedado no hotel Atlante Plaza, na avenida Boa Viagem, onde deve ficar até sábado (26.ago.2017), quando parte para a Paraíba.

O 1º compromisso do petista em Recife foi uma visita ao Museu Cais do Sertão, onde vestiu 1 gibão de couro que teria pertencido a Luiz Gonzaga e tirou fotos com o público presente.

Depois, no hotel, participou de evento reservado com profissionais integrantes do programa Mais Médicos.

LAVA JATO

Na 4ª feira (23.ago.2017), chegou ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região o processo em que Lula foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.

A defesa do petista recorreu da sentença do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba. Moro condenou o petista a 9 anos e 6 meses, no caso do apartamento tríplex, no Guarujá, em São Paulo. Lula é réu em outras 5 ações.

*Com informações do Poder 360 e do Leia Já

Foto: Twitter Lula

 



No artigo

x