Amazonino Mendes é eleito governador do Amazonas com 45% de nulos e abstenção

A notícia que vem do Amazonas pode ser um recado para o Brasil em 2018, principalmente se Lula for impedido de ser candidato.

838 0

Amazonino Mendes (PDT), 77, foi eleito neste domingo (27) o novo governador do Amazonas. Ele vai exercer um mandato-tampão de 14 meses por conta da cassação do então governador José Melo (Pros) e seu vice Henrique Oliveira (Solidariedade), que foram condenados, em maio passado, por compra de votos.

Mendes derrotou o senador Eduardo Braga (PMDB) no segundo turno de hoje. Com 99,35% das urnas apuradas, ele tinha 59,28% dos votos válidos, enquanto o peemedebista tinha 40,72%.

Amazonino já foi governador do estado por dois períodos, de 1987 a 1990 e de 1995 a 2003.

No primeiro turno, realizado no dia 20 de agosto, Amazonino havia tido 38,92% dos votos, contra 24,7% de Braga.

Com 99,85% das urnas apuradas, já se contabilizavam 602.833 abstenções, 342.231 votos nulos e 70.423 brancos. Um total de 1 milhão, 15 mil e 493 não escolheram nenhum dos dois candidatos de um total de 2 milhões 336 mil e 431 cidadãos aptos a votar no estado. Ou seja, aproximadamente 45% do total de eleitores.

A notícia que vem do Amazonas pode ser um recado para o Brasil em 2018, principalmente se Lula for impedido de ser candidato.



No artigo

x