Depois de trinta anos, Palestina tem sessão de cinema

De acordo com fontes locais, o movimento palestino Hamas - que governa Gaza - permitiu a exibição do filme, mas pediu uma separação entre o público masculino e feminino dentro da sala.

509 0

De acordo com fontes locais, o movimento palestino Hamas – que governa Gaza – permitiu a exibição do filme, mas pediu uma separação entre o público masculino e feminino dentro da sala.

Da Redação*

Após 30 anos, um filme foi projetado em uma sala de cinema de Gaza. A exibição ocorreu na noite de sábado (26), no “Samer Cinema”, com o longa “Dez Anos”, produzido por uma empresa local, a Continue Filme.

O filme, de 2h30 de duração, conta a história de ex-detentos palestinos em prisões israelenses e carrega o ponto de vista humanitário. Cerca de 300 pessoas assistiram à sessão. De acordo com fontes locais, o movimento palestino Hamas – que governa Gaza, mas é considerado terrorista por países do Ocidente, como a União Europeia – permitiu a exibição do filme, mas pediu uma separação entre o público masculino e feminino dentro da sala de cinema. O Cinema Samer, construído em 1944, foi parcialmente destruído por manifestantes palestinos e fechou as portas nos anos 1970. O local abriu para funcionamento apenas na noite de ontem. Nos últimos anos, foram feitas outras exibições de filmes em Gaza, mas nenhuma dentro de uma verdadeira sala de cinema.

*Com informações da Agência ANSA

Foto: Ministry Of Interior Palestinian National Authority

 



No artigo

x