FHC diz que reconhece “erro” e se aproxima de Doria

Presidente de honra dos tucanos, inclusive, participará de uma palestra na Lide, organização empresarial de caráter privado, ligada ao prefeito de São Paulo.

480 0

Presidente de honra dos tucanos, inclusive, participará de uma palestra na Lide, organização empresarial de caráter privado, ligada ao prefeito de São Paulo.

Da Redação*

No tabuleiro político tucano, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso resolveu movimentar mais uma peça. Ele dá a entender que está ensaiando uma aproximação com João Doria. FHC deve, inclusive, participar de uma palestra na Lide, organização ligada a Doria, já no mês de setembro. O prefeito de São Paulo, que está percorrendo o país pensando na eleição de 2018, se afastou do comando da instituição que defende interesses empresariais, mas segue participando de algumas atividades.

De acordo com informações da Folha de S.Paulo, a atividade de FHC na Lide é marcada no momento em que o presidente de honra tucano reconhece que “errou” ao não ter apoiado Doria para a eleição municipal de 2016. Na semana passada, FHC deu declarações que não descartam Doria como o presidenciável do PSDB. “Chances de vitória existem, temos candidatos viáveis – escrevo no plural – enquanto os demais partidos, quando os têm, têm um só, nem sempre inspirador de confiança para os propósitos que desenhei”, escreveu.

“Se tivermos a paciência da construção e a tolerância para aceitar a diversidade, que não se confunde com leniência com a corrupção, poderemos vencer para melhorar o país. Jamais para usufruir dele”, acrescentou.

*Com informações do Jornal GGN e da Folha de S.Paulo

Foto:Wilson Dias/Agência Brasil/Fotos Públicas

 



No artigo

x