Doria pede para ‘borrar’ a fachada de sua casa no Google Street View

Prefeitura afirmou que a solicitação foi feita pela Assessoria Policial Militar, órgão do gabinete responsável pela segurança do prefeito.

535 0

Prefeitura afirmou que a solicitação foi feita pela Assessoria Policial Militar, órgão do gabinete responsável pela segurança do prefeito.

Da Redação*

João Doria, fez uma solicitação no mínimo inusitada ao Google. O prefeito de São Paulo pediu que a empresa “borrasse” a imagem da fachada da sua casa no Google Street View. A solicitação foi atendida. A residência se localiza à Rua Itália, nos Jardins, zona Oeste da capital paulista. A prefeitura informou que a “solicitação ao Google foi feita pela Assessoria Policial Militar, órgão do gabinete responsável pela segurança do prefeito”.

A respeito dos critérios utilizados para efetuar esse tipo de alteração, o Google revelou que “não temos como comentar casos de usuários específicos, mas há uma ferramenta para as pessoas pedirem que imagens de suas casas, carros ou delas mesmas sejam borradas no Street View”. Contudo, a vista aérea da casa de Doria, feita por imagens de satélite, continua nítida. No mês passado, a fachada da residência do prefeito pichada em um protesto contra o plano de desestatização da prefeitura. Um jovem foi detido pela Guarda Civil Metropolitana. No muro da casa de Doria, foi escrita a frase “SP não está à venda”.

Segurança

Em janeiro, o prefeito passou a contar com a segurança de uma base fixa da Guarda Civil Metropolitana (GCM) 24 horas por dia ao lado de sua casa. A medida não contradiz a lei, mas prefeitos anteriores, como Fernando Haddad (PT), não costumavam contar com a vigilância constante da instituição, que sofre com déficit de funcionários.

A época, o prefeito Doria defendeu a presença ininterrupta da GCM na porta da sua casa. De acordo com ele, os agentes agora voltaram a sua função de origem. “Eu não moro em apartamento. Em prédio você tem recurso, tem proteção. Eu moro em uma casa lindeira a uma calçada e vocês acompanharam manifestações que foram feitas na porta da minha casa antes mesmo de eu me tornar prefeito empossado”, afirmou.

*Com informações do G1

Foto: Reprodução/Google Street View



No artigo

x