Alckmin adia novamente entrega de estações da Linha 5

Há mais de três anos Alckmin não entrega nenhuma estação da Linha 5, que deveria atender a população da Zona Sul que, diariamente, superlota ônibus e sofre no trânsito.

498 0

Há mais de três anos Alckmin não entrega nenhuma estação da Linha 5, que deveria atender a população da Zona Sul que, diariamente, superlota ônibus e sofre no trânsito.

Por Luiz Henrique Dias

O Governo Alckmin anunciou, nesta quarta-feira (30), que novamente não conseguirá entregar as novas estações da Linha 5 – Lilás no prazo. Depois de prorrogar a entrega por diversas vezes e de passar o semestre prometendo entregar a extensão ao menos até a estação Brooklin no mês de agosto deste ano. Não deu. Ficou pra setembro.

Há mais de três anos Alckmin não entrega nenhuma estação da Linha 5, que deveria atender a população da Zona Sul que, diariamente, superlota ônibus e sofre no trânsito.

Sempre atrasando

Segundo o presidente do Metrô, a continuação da linha até a Chácara Klabin ficou para o final do ano, mas pode atrasar ainda mais, devido a problemas no andamento da estação Campo Belo, que vai fazer uma ligação com a Linha 1 – Azul.

Ainda, é de se esperar mais atrasos por conta do histórico: Alckmin nunca conseguiu entregar nenhuma expansão do Metrô no prazo.

Privatização

Para se livrar do problema, nos últimos meses, o governo paulista já abriu editais para operação e manutenção das linhas 5 – Lilás e 17 – Ouro (o interminável monotrilho de Congonhas) do Metrô, a primeira já em operação parcial e a segunda com as obras atrasadas, num valor de arremate mínimo de R$ 183 milhões e aporte inicial de pouco menos de R$ 90 milhões, montante bem inferior aos quase R$ 10 bilhões já gastos pelos cofres públicos e muito rentável para os futuros operadores.

Foto: Commons

 



No artigo

x