MPF pede absolvição de Lula no caso Cerveró

Ação apurava se ex-presidente e André Esteves tentaram comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras. Ministério Público também pediu que Delcídio perca benefícios da delação.

537 0

Ação apurava se ex-presidente e André Esteves tentaram comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras. Ministério Público também pediu que Delcídio perca benefícios da delação.

Da Redação*

O Ministério Público Federal (MPF) pediu nesta sexta-feira (1º) a absolvição de Luiz Inácio Lula da Silva e do banqueiro André Esteves, em ação na qual ambos foram acusados de tentar comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró. O processo foi aberto com base na delação do senador cassado Delcídio do Amaral. Em 2015, Delcídio foi preso pela Polícia Federal.

Para o Ministério Público, Delcídio deve perder os benefícios da delação premiada e ser condenado, porque o silêncio de Cerveró interessava somente ao ex-senador. O órgão apresentou à Justiça Federal, em Brasília, as alegações finais na ação penal, na qual apresenta suas conclusões, com base nas provas e depoimentos realizados. O MPF diz não ter encontrado evidências de que Lula e André Esteves cometeram crimes de obstrução de Justiça.

“Delcídio estava agindo apenas em interesse próprio. E Cerveró estava sonegando informações no que se refere a Delcídio, e não sobre Lula, a quem inclusive imputava fatos falsos, no intuito de proteger Delcídio”, diz o documento.

*Com informações do G1

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula/Fotos Públicas

 



No artigo

x