MBL apaga postagem elogiando Geddel e agora se faz de desentendido

Grupo liderado por Kim Kataguiri, que já chegou a postar que “Geddel está do lado do Brasil”, agora tenta associá-lo a Lula e Dilma  Por Redação ...

2784 0

Grupo liderado por Kim Kataguiri, que já chegou a postar que “Geddel está do lado do Brasil”, agora tenta associá-lo a Lula e Dilma 

Por Redação 

Assim como Luciano Huck, que apagou as fotos ao lado do senador Aécio Neves (PSDB-MG) quando o tucano foi citado em esquemas de corrupção na delação da JBS, o Movimento Brasil Livre (MBL), apagou postagens elogiando o ex-ministro de Temer, Geddel Vieira Lima, após vir à público o “bunker” de Geddel com malas abarrotadas de dinheiro que seria usado para propina.

Preso em julho por organização criminosa e corrupção passiva, Geddel frequentou marchas convocadas pelo MBL contra a corrupção e o grupo, por sua vez, já chegou a afirmar que o ex-ministro está “ao lado do Brasil”. A postagem em questão, como outras elogiando Geddel, foram apagadas.

Agora, o grupo se faz de desentendido e comemora a descoberta do “buker” de Geddel pela Polícia Federal tentando associá-lo a Lula e Dilma, omitindo que o ex-ministro era, na verdade, um dos homens fortes do governo Temer.

Reprodução/Twitter



No artigo

x