Dirceu: Prefiro morrer a perder a dignidade como Palocci

Petista teceu críticas ao ex-ministro Antonio Palocci que, em delação premiada, chegou a dizer que Lula e Dilma tinham “pacto de sangue” com a Odebrecht e que sabiam dos esquemas de corrupção. “Os que...

2851 0

Petista teceu críticas ao ex-ministro Antonio Palocci que, em delação premiada, chegou a dizer que Lula e Dilma tinham “pacto de sangue” com a Odebrecht e que sabiam dos esquemas de corrupção. “Os que brigam por interesse tem preço”, afirmou Dirceu 

Por Redação 

O ex-ministro José Dirceu, um dos principais “cabeças” do PT, teria, a interlocutores, afirmado que preferiria “morrer” do que “rastejar” e “perder a dignidade” como teria feito o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci no depoimento que deu ao juiz Sérgio Moro na semana passada.

“Só luta por uma causa quem tem valor. Os que brigam por interesse têm preço. Não que não me custe dor, sofrimento, medo e às vezes pânico. Mas prefiro morrer que rastejar e perder a dignidade”, teria dito o petista quando foi perguntado sobre o depoimento de Palocci. As informações são da jornalista Monica Bergamo.

O ex-presidente Lula, na semana passada, divulgou nota em que afirma que o depoimento do ex-ministro Antônio Palocci ao juiz Sérgio Moro é só mais uma delação baseada em acusações falsas e sem provas. Para o petista, Palocci já “desistiu de se defender” e conta mentiras, sem apresentar evidências concretas, apenas para conseguir abrandar sua pena enquanto condenado.

Assista

Fala, Rovai: Pacto de sangue, a delação de Palocci, Globo, Janot e Moro



No artigo