Gleyfy Brauly, o cover mais famoso da internet, ganha elogio de baterista do Pink Floyd

O cantor e tecladista piauiense, conhecido por suas versões de clássicos do rock com letras em “embromation”, foi elogiado por Nick Mason.

3017 0

O cantor e tecladista piauiense, conhecido por suas versões de clássicos do rock com letras em “embromation”, foi elogiado por Nick Mason.

Da Redação*

Você já deve ter visto ele por ai. Conhecido nas redes por cantar clássicos do rock em um “embromation” perfeito, o piauiense Gleyfy Brauly ganhou o que todo músico sonha: um elogio do ex-baterista do Pink Floyd, Nick Mason. O músico compartilhou nas redes sociais um vídeo de Gleyfy interpretando (com personalidade) o clássico “Another Brick in the Wall (Part 2)”, do disco “The Wall”, lançado pelo grupo inglês em 1979.

“Quando você soa tão bem assim você nem precisa saber a letra”, escreveu o músico sobre o vídeo que viralizou. Diversos fãs brasileiros do Pink Floyd comentaram no post do britânico. “Quando a grandeza de um ídolo é tão gigante que ele consegue entender o que nós não conseguimos”, escreveu uma seguidora da banda.

O brasileiro retribuiu o carinho do baterista nesta terça-feira (12): “A opinião que você respeita. Sábias palavras grande Nick Mason. Vida longa a todos que curtem a boa música”.

Como já adiantado por Chico Barney em sua coluna, Gleyfy é morador de Altos, no Piauí, e ganhou repercussão pela participação no programa “Cidade Viva”, da TV Cidade Verde (afiliada do SBT).

Sobre o fato, Gleyfy disse: “Os fãs são mais rápidos que eu, eles que me avisaram, eu fiquei muito emocionado quando soube”.

O seu nome artístico desperta muita curiosidade. Segundo ele, as pessoas sempre querem saber a origem e explicou que Gleyfy foi um compadre que batizou e Brauly foi sugerido por uma fã. “É complicado mas já está na boca do povo”, completou o tecladista no programa.

Ex-operador de máquinas, Gleyfy começou a carreira musical como instrumentista e foi guitarrista de bandas conhecidas como Requinte e banda Um. Atualmente, canta e toca teclado.

O repertório do artista é eclético. “Toco de tudo! Rock, pop, reggae e até macumba”, brincou. Em breve ele lança o seu novo CD, o quarto da carreira solo.

*Com informações do UOL

Foto: Divulgação



No artigo

x