Cristovam diz que vai excluir Paulo Coelho do seu mailing, mas depois pede para ele ficar

Senador insiste em mandar mensagens ao escritor: “Apendi sobre tolerância lendo Paulo Coelho. Continuaria lendo você mesmo que discordasse. Permita-me mantê-lo na minha lista”.

1653 0

Senador insiste em mandar mensagens ao escritor: “Apendi sobre tolerância lendo Paulo Coelho. Continuaria lendo você mesmo que discordasse. Permita-me mantê-lo na minha lista”.

Da Redação

O bate-boca virtual entre o escritor Paulo Coelho e o senador Cristovam Buarque continua. Mesmo depois der mandar um recado direto ao político, pela sua conta oficial no Twitter, na última quarta-feira, dizendo que não quer mais receber as mensagens de Buarque, ele insiste.

O senador não se tocou e postou o seguinte: “Apendi sobre tolerância lendo Paulo Coelho. Continuaria lendo você mesmo que discordasse. Permita-me mantê-lo na minha lista”. Ou seja, ele deve continuar a encher a caixa de entrada do premiado escritor, para seu desgosto.

Na terça, Coelho tuitou: “@Sen_Cristovam favor remover meu endereço de e-mail da sua lista de spam, tentei várias vezes e não funciona. Não me interessa o que pensa”, tuitou Paulo Coelho. Um de seus seguidores o aconselhou a criar um filtro para que as mensagens caíssem direto na lixeira. No entanto, o escritor disse que já tentou esse recurso, que, segundo ele, “nem sempre funciona”.

Foto: Reprodução



No artigo

x