Espancar filha com fio elétrico e cortar seus cabelos é “medida corretiva”, diz juiz de Guarulhos

Pai acusado de espancar a filha de 13 anos por ela ter perdido a virgindade com o namorado foi absolvido  Por Redação* O pai...

3779 0

Pai acusado de espancar a filha de 13 anos por ela ter perdido a virgindade com o namorado foi absolvido 

Por Redação*

O pai de uma menina de 13 anos de Guarulhos foi absolvido juiz Leandro Jorge Bittencourt Cano, do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Guarulhos (SP), de uma acusação de ter espancado a menina com fios elétricos e cortado o seu cabelo pelo fato de ela ter perdido a virgindade com o seu namorado.

Para o juiz, o réu não pode ser condenado por lesão corporal porque não ficou comprovado o dolo na conduta. “Na verdade, a real intenção do pai era apenas corrigir a filha.”

“O agente aplicou moderadamente uma correção física contra a sua filha, gerando uma lesão de natureza leve. O fato foi isolado e, segundo a vítima e a testemunha, a intenção do réu era de corrigi-la”, escreveu o magistrado em sua decisão.

O Ministério Público vai recorrer da decisão, que considerou absurda.

A surra de fio dada pelo pai deixou oito lesões nas costas da menina com até 22 centímetros de comprimento.

Confira a íntegra da denúncia e da sentença aqui.

*Com informações do ConJur



No artigo

x