Veríssimo é demitido do Zero Hora, após 45 anos de atuação

A primeira versão é que a razão da demissão teria sido contenção de custos. Ao encontrar amigos neste sábado (16), na livraria com o nome do pai, Érico Veríssimo, ele não comentou o assunto.

2617 0

A primeira versão é que a razão da demissão teria sido contenção de custos. Ao encontrar amigos neste sábado (16), na livraria com o nome do pai, Érico Veríssimo, ele não comentou o assunto.

Da Redação                

Um dos maiores nomes do jornalismo brasileiro, gaúcho Luis Fernando Veríssimo, foi demitido do jornal Zero Hora, onde começou a atuar há nada menos do que 45 anos. Sua saída ocorreu há duas semanas, mas foi revelada somente na noite desta sexta-feira (15). A primeira informação dada pelo jornalista gaúcho Mário Marona dizia que o contrato teria sido rompido neste sábado.

Não há informação oficial sobre o desligamento, que não foi divulgado ainda no Rio Grande do Sul.  O Zero Hora continua publicando a coluna de Veríssimo às segundas-feiras, no entanto, distribuída pelo jornal O Globo. O contrato rompido era direto com o escritor para a produção de colunas locais. A primeira versão é que a razão da demissão teria sido contenção de custos. Ao encontrar amigos e colegas neste sábado (16), na livraria com o nome do pai, Érico Veríssimo, ele não comentou o assunto.

Foto: Creative Commons

 



No artigo

x