Anitta grava vídeo contra decisão de permitir tratamento contra homossexualidade

Vários outros artistas, personalidades e políticos se manifestaram contra a medida. Veja aqui.

646 0

Vários outros artistas, personalidades e políticos se manifestaram contra a medida. Veja aqui.

Da Redação

A cantora Anitta divulgou um vídeo nesta segunda-feira (18), onde se manifesta contra a decisão da Justiça Federal do Distrito Federal, que proferiu, na última sexta-feira (15), uma decisão liminar que abre caminho para a chamada “cura gay”. Pela decisão, profissionais de psicologia poderiam atender homossexuais e utilizar “terapias de reversão sexual”.

No vídeo, a cantora se disse devastada por dentro: “Quero mandar toda a minha solidariedade para o meu público. Estou aqui rezando para que o nosso país dê atenção pro que realmente é importante, que é consertar a nossa miséria”, disse.

Vários artistas e personalidades se manifestaram contra a decisão. O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) definiu como “aberração jurídica” a decisão. Wyllys avisou que vai promover uma mobilização no Parlamento e se aliar ao Conselho Federal de Psicologia para recorrer da decisão do juiz federal. “É uma aberração jurídica, como outras que acontecem no País. Como é que o Judiciário se presta a isso? O Judiciário não está agindo de acordo com a Constituição”, comentou.

A atriz Deborah Secco postou em sua conta no Twitter um foto de um coração cheio de espinhos e a pergunta: “Como será o coração de quem acredita que o amor é uma doença?”.



No artigo

x