Deputado eleito pelo PSOL pede intervenção militar e fechamento do Congresso

Cabo Daciolo, atualmente no PTdoB, mas que foi eleito pelo PSOL do Rio de Janeiro, fez um discurso no plenário da Câmara defendendo o general Hamilton Mourão Por Redação ...

1818 0

Cabo Daciolo, atualmente no PTdoB, mas que foi eleito pelo PSOL do Rio de Janeiro, fez um discurso no plenário da Câmara defendendo o general Hamilton Mourão

Por Redação 

O deputado federal Cabo Daciolo (PTdoB-RJ) fez um discurso, no final da noite desta quarta-feira (20), que vai entrar para a história como um dos piores já feitos na Câmara dos Deputados. Na votação que aprovou o fim das coligações partidárias, ao final de sua fala, defendeu o general Hamilton Mourão, aquele que sugeriu que o Exército pudesse executar uma intervenção militar no país. “Vamos colocar a bandeira do Brasil nos nossos lares, contra a corrupção no Brasil e pela denúncia aprovada no STF (contra Michel Temer)”, disse.

Daciolo, no entanto, não só defendeu uma intervenção militar como um fechamento do Congresso Nacional – uma inconstitucionalidade.

“Deus está no controle. E que se feche o Congresso Nacional, com intervenção federal, com um governo provisório para acertar a nação”, disparou.

O cabo evangélico foi eleito em 2014 pelo PSOL do Rio de Janeiro e expulso da legenda em 2015, depois de defender a liberação dos doze policiais acusados de torturar o pedreiro Amarildo de Souza, caso emblemático ocorrido no Rio de Janeiro em 2013.



No artigo

x