Professores que panfletavam contra projeto Escola Sem Partido são detidos pela PM em Santo André

De maneira arbitrária, a Polícia Militar abordou manifestação de professores em Santo André, prendeu dois deles e aprendeu celulares.

2668 0

De maneira arbitrária, a Polícia Militar abordou manifestação de professores em Santo André, prendeu dois deles e aprendeu celulares.

Da Redação*

Os professores Sol Massari e Rafael Buenno foram detidos pela Polícia Militar na noite desta quarta-feira (20), em Santo André, após participarem de ato contra o projeto Escola Sem Partido. Além de deter os professores, os policiais também aprenderam celulares.

A professora Sol Massari gravou depoimento (Veja abaixo) logo após ser liberada. Segundo ela, a prisão foi uma afronta à liberdade. “Fomos abordados de maneira truculenta pelos PMs. Um deles levou um professor preso e eu como testemunha. Ele me acusou de ter filmado a ação, coisa que não fiz, pois não tinha mais bateria no meu celular”, afirmou.

De acordo com a professora Maíra Machado (veja vídeo abaixo), que também participava do ato, soldados da Polícia Militar abordaram os manifestantes que se deslocavam da Estação Santo André para a Câmara Municipal e, sem maiores explicações, prenderam os dois colegas. Ao tentar telefonar para um advogado, Maíra teve seu celular apreendido pela polícia.

Os professores aguardaram reunidos na porta da delegacia pela soltura dos colegas.

*Com informações do Esquerda Diário



No artigo

x