Janaina Paschoal, apoiadora de primeira hora de Temer, agora defende seu impeachment

A controversa advogada que, no início de 2017 alegou não ser a “pedidora-de-impeachment-geral’ da União!” e que “só uma pedalada ou só um decreto” não a faria pedir o afastamento de Michel Temer, parece...

1065 0

A controversa advogada que, no início de 2017 alegou não ser a “pedidora-de-impeachment-geral’ da União!” e que “só uma pedalada ou só um decreto” não a faria pedir o afastamento de Michel Temer, parece ter mudado de ideia.

Da Redação

A autora do pedido de impeachment da presidenta Dilma Roussef, Janaina Paschoal, finalmente se rendeu ao óbvio e passou a defender denúncia ou impeachment de Temer.

Em uma sequência de tuites desta sexta-feira (22), a advogada que admitiu receber R$ 45 mil do PSDB para elaborar o impeachment de Dilma, apoiou o afastamento de Rodrigo Maia da base do governo Temer: “Vi com bons olhos o afastamento do Presidente da Câmara relativamente ao Palácio do Planalto. Maia tem a chance de entrar para a história!”.

 

 

 

 

 

Em outra postagem, a advogada que foi recentemente reprovada em concurso para professora da USP, disse que “Diante de tudo que veio a tona, seja por meio do recebimento da denúncia, ou pelo processo de impeachment, Temer precisa ser afastado”.

 

 

 

 

 

 

 

Ao que tudo indica, a controversa advogada que, no início de 2017 alegou não ser a “pedidora-de-impeachment-geral’ da União!” e que “só uma pedalada ou só um decreto” não a faria pedir o afastamento de Michel Temer, parece ter mudado de ideia.

No final das contas, para não perder o hábito golpista, Janaina disse ainda “Ilude-se quem crê que o discurso Anti-PT será suficiente. Queremos muito mais!”.

Resta saber que “mais” seria este almejado pela confusa militante da direita.

 



No artigo

x