Ex-apresentadora do Jornal Nacional quer ser presidenta da República

Com discurso anti-corrupção, Valeria Monteiro anunciou, em um vídeo postado nas redes sociais, que está lançando sua pré-candidatura à presidência da República em 2018. Para ela, não houve golpe no Brasil, mas Temer não...

1639 0

Com discurso anti-corrupção, Valeria Monteiro anunciou, em um vídeo postado nas redes sociais, que está lançando sua pré-candidatura à presidência da República em 2018. Para ela, não houve golpe no Brasil, mas Temer não tem legitimidade para governar. Assista

Por Redação

“Você acha que a política não tem jeito? E aí? Vai deixar nas mãos dos bandidos, dos amigos, dos herdeiros deles? Não sabe o que fazer?”. São com esses questionamentos que a apresentadora Valeria Monteiro inicia o vídeo em que anuncia sua pré-candidatura à presidência da República em 2018. Até ela mesma sabe que é estranho: “Sou pré-candidata à presidência. É. Da República. É sério”, diz.

Com um discurso anti-corrupção, Valeria diz que vai “dar a cara a tapa” e que busca um partido que atenda a suas demandas, já que a legislação eleitoral não permite candidatura independente. Ela diz que vai atuar, ao longo da campanha, como ativista política.

“Espero que minha independência possa ressoar e ganhar força. Sou inexperiente, mas aprendo rápido”, disse ao portal UOL. Ao site, a apresentadora disse ainda acreditar que Temer não praticou nenhum golpe, mas que não tem legitimidade para governar.

Valeria é mais uma daquelas que vieram da televisão e arriscam a carreira na política. Ela foi apresentadora do “Jornal Nacional”, da Globo, em 1992, passou por outros telejornais e está longe das telas desde 2014, quando apresentou um especial no canal por assinatura Viva. Ela chegou também a ser capa da revista Playboy nos anos 90.

Confira, abaixo, o vídeo em que lança sua pré-candidatura.



No artigo