Temer diz que Brasil está trilhando caminho de um “regime de exceção”

Peemedebista resolveu, somente oito dias após ser denunciado pela PGR, falar sobre o assunto. Em vídeo, ele tenta se defender das acusações e afirma que “conspiram contra a presidência da República do Brasil”. Movimento...

1147 0

Peemedebista resolveu, somente oito dias após ser denunciado pela PGR, falar sobre o assunto. Em vídeo, ele tenta se defender das acusações e afirma que “conspiram contra a presidência da República do Brasil”. Movimento pelo impeachment de Temer está forte nas Forças Armadas 

Por Redação 

O presidente Michel Temer, em vídeo divulgado pelas redes sociais nesta sexta-feira (22), afirmou que o Brasil pode estar trilhando o caminho de um “regime de exceção”. Sua fala foi uma tentativa de se defender, oito dias depois, da denúncia da procuradoria-geral da República por organização criminosa e obstrução da Justiça.

“Só regimes de exceção aceitaram acusações sem provas, movidos por preconceito, ódio, rancor ou interesses escusos. Lamento dizer que, hoje, o Brasil pode estar trilhando este caminho”, disse. De acordo com o peemedebista, há aqueles que “conspiram contra a presidência da República”.

“A única vacina contra essa marcha da insensatez é a verdade. E a verdade é a única arma que tenho para me defender desde o início deste processo de denúncias e que busca desestabilizar meu governo e paralisar o avanço do Brasil”, completou.

A declaração de Temer sobre “estado de exceção” se dá em um momento em que cresce um movimento pelo seu impeachment dentro, inclusive, das Forças Armadas. Conforme noticiado pelo Blog do Rovai, o “Fora Temer” já é uma unanimidade no Exército e a ida do ex-ministro Aldo Rebelo ao PSB seria uma articulação para que ele seja vice de Rodrigo Maia, presidente da Câmara, em uma eventual queda de Temer. Rebelo é o civil considerado “homem de confiança” dos militares.

Confira abaixo a íntegra do pronunciamento de Temer.



No artigo

x