Libreflix: A alternativa ao Netflix, colaborativa, gratuita e que faz pensar

Hacktivistas desenvolveram uma plataforma de streaming colaborativa que reúne produções independentes, entre ficções, documentários, séries e até animações como forma de compartilhar cultura “às pessoas que não podem pagar por ela”. Acesso é gratuito...

2347 0

Hacktivistas desenvolveram uma plataforma de streaming colaborativa que reúne produções independentes, entre ficções, documentários, séries e até animações como forma de compartilhar cultura “às pessoas que não podem pagar por ela”. Acesso é gratuito e qualquer um pode colaborar. Conheça

Por Redação

Em meio a notícias de que prefeituras como a de São Paulo cobrarão impostos de serviços de streaming como o Netflix, eis que surge uma plataforma alternativa que reúne produções audiovisuais independentes, disponibilizadas de forma colaborativa e gratuita. Trata-se do Libreflix, iniciativa criada por hacktivistas que tem como objetivo “compartilhar cultura principalmente às pessoas que não podem pagar por ela”.

A página entrou no ar em agosto e já reúne dezenas de ficções e documentários entre longas, curtas e animações, além de séries. Os títulos são variados e vão desde clássicos como “Metropolis” e até produções infantis como “Castelo Ra-tim-bum”. O carro chefe da plataforma, no entanto, são os documentários.

“Nós defendemos novas formas de compartilhamento da cultura. Formas que atinjam todas as pessoas, principalmente as que não podem pagar por ela. Formas que conectem os artistas direto com os fãs. E até formas que permitam que artistas criem algo novo à partir do trabalho de outros artistas. Cultura é ciência, é poesia e é de todo mundo”, dizem os criadores da plataforma na página de apresentação.

Sob a lógica do software livre, o site tem seu código aberto e desenvolvedores podem ajudar na construção da página.

Outro objetivo da plataforma, de acordo com os criadores, é reunir e conectar produtores audiovisuais independentes com seus projetos. Qualquer um pode colaborar adicionando filmes de livre reprodução.

Saiba mais aqui.



No artigo

x