Doria viajandão, o grande derrotado no Datafolha em que Lula aparece disparado

Ao abandonar a cidade e sair em campanha pelo país, julgava aparecer como o novo. Ledo engano. Ao forjar uma espécie de Collor pós redes, Doria só viu aumentar a sua rejeição e sua fama de traidor de Alckmin, seu padrinho político.

758 0

Ao abandonar a cidade e sair em campanha pelo país, julgava aparecer como o novo. Ledo engano. Ao forjar uma espécie de Collor pós redes, Doria só viu aumentar a sua rejeição e sua fama de traidor de Alckmin, seu padrinho político.

Da Redação*

O grande derrotado na pesquisa Datafolha publicada neste domingo (1), em que Lula aprece disparado em todos os cenários, tanto para primeiro quanto segundo turno é, sem sombra de dúvidas, o prefeito viajandão Doria.

Ao abandonar a cidade e sair pelo país, julgava aparecer como o novo, em campanha antecipada.

Ledo engano. Ao forjar uma espécie de Collor pós redes, Doria só viu aumentar a sua rejeição e sua fama de traidor de Alckmin, seu padrinho político.

Passado o susto inicial, Doria entra em linha descendente e cruza no caminho com o governador, criador do corvo que quase viu seus olhos arrancados.

Os dois nomes tucanos, Alckmin e o afilhado traíra, têm desempenho igual quando confrontados com Lula, Bolsonaro e Marina, alcançando 8% das intenções de voto. Nos cenários em que ambos concorrem, o que poderá ocorrer se um dos dois trocar de partido, Alckmin e Doria ficam empatados.

Parece que Doria volta mesmo a varrer ruas da cidade. Até, espera-se, ser varrido de vez de volta para onde nunca deveria ter saído.

Isto tudo, assistindo de perto Lula, o seu adversário mais virulento, por quem o prefake nutre ódio incontrolável, disparar na frente sem tomar conhecimento da sua existência.

*Com informações da Folha



No artigo

x