Ana Arraes, mãe de Eduardo Campos e ministra do TCU, disputará eleição no ano que vem

Ligada ao PSB, ela é vista como “a vice dos sonhos” de alguns partidos para a composição de chapa concorrente à Presidência em 2018

658 0

Ligada ao PSB, ela é vista como “a vice dos sonhos” de alguns partidos para a composição de chapa concorrente à Presidência em 2018

Da Redação*

Ana Arraes é filha do ex-governador pernambucano Miguel Arraes e mãe de Eduardo Campos. Como se não bastasse, é também ministra do Tribunal de Contas da União. Já foi deputada federal e, diante de tanta turbulência política e pessoal, incluindo ai a perda do filho em acidente aéreo, em 2014, ela deve sair do Tribunal e ser candidata em 2018.

Ligada ao PSB, ela é vista como “a vice dos sonhos” de alguns partidos para a composição de chapa concorrente à Presidência em 2018.

Entre os partidos que sondam a cúpula do PSB para a formação de uma chapa estão o PT e o PSDB. Com ou sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os petistas cobiçam uma aliança com o partido na corrida pelo Planalto em 2018.

Tucanos e petistas disputam a aliança com  Ana Arraes.

SENADO É OPÇÃO

Caso o PSB não feche com nenhum partido para ter Ana Arraes numa chapa presidencial, a hoje ministra do TCU cogita disputar uma vaga para o Senado por Pernambuco. Seria a volta de Ana Arraes ao Congresso. Ela já foi deputada federal de 2007 a 2011.

Procurada pelo Poder360, a ministra não quis se pronunciar. O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, não confirmou a movimentação de Ana Arraes, mas reconheceu a intensa procura de petistas e tucanos pela aliança em 2018.

“O partido só irá se decidir em março do ano que vem. E é possível também que concorremos sozinhos”, disse.

*Com informações do Poder 360

Foto: Reprodução Facebook



No artigo

x