Reinaldo Azevedo é desmentido por Barroso sobre comemorar com champagne voto contra Aécio

Na mesma coluna Azevedo diz que Luiz Fux teria beijado os pés da mulher de Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo. Das duas uma, ou o colunista ou os ministros endoidaram

1689 0

Na mesma coluna Azevedo diz que Luiz Fux teria beijado os pés da mulher de Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo. Das duas uma, ou o colunista endoidou ou foram os ministros

Da Redação*

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso negou nesta terça-feira (3) informação do colunista Reinaldo Azevedo de que teria aberto champagne após votar pelo afastamento de Aécio Neves (PSDB-MG) em sessão da 1ª Turma, em 27 de setembro.

“Nunca, em tempo algum, se abriu champagne em meu gabinete por qualquer motivo. Qualquer pessoa que ouça o meu voto verá o tom respeitoso e pesaroso que empreguei. É mentira pura”, afirmou Barroso.

Na mesma coluna Reinaldo Azevedo afirma que o ministro Luiz Fux teria beijado os pés da esposa de Sérgio Cabral, a advogada Adriana Ancelmo, em agradecimento pelo apoio de Cabral à sua candidatura ao Supremo.

*Com informações do Poder 360

 Foto (Barroso): Valter Campanato/Agência Brasil

Foto (Reinaldo Azevedo): Reprodução



No artigo

x