Xuxa dispara sobre filme: ‘Querem me chamar de pedófila, chamem’. Assista

Apresentadora desabafou em vídeo sobre “Amor, Estranho Amor” (1982), onde, quando com 18 anos, apareceu em uma cena ‘quente’ com um menino de 12 anos Da Redação...

4884 0

Apresentadora desabafou em vídeo sobre “Amor, Estranho Amor” (1982), onde, quando com 18 anos, apareceu em uma cena ‘quente’ com um menino de 12 anos

Da Redação

Nos últimos dias, a apresentadora Xuxa Meneghel foi alvo de críticas de José Luiz Datena e de pessoas nas redes sociais. Isso porque, a rainha dos baixinhos rebateu Joel Datena, filho do apresentador do Brasil Urgente, após este ter apoiado a palmada na educação como forma de educação para os filhos.

Nesta quarta-feira (4), Xuxa fez uma transmissão ao vivo em sua página no Facebook onde voltou a se posicionar contra a violência infantil. “É possível sim. É difícil pra caramba, gente. Ninguém tá falando que é fácil criar um filho. Então se vocês acham muito difícil criar um filho, não tenham dois, nem três, nem quatro. Tenham um e cria, sabe? Com tempo. Porque ele vai perguntar pra você, você vai ter que responder. Ele vai te tirar do sério, você vai ter que contar até dez”, disse.

Além disso, comentou sobre o filme Amor, Estranho Amor (1982), o qual ela é alvo frequente de ataques, porque na época com 18 anos ter aparecido em cenas ‘quentes’ com um garoto de 12 anos.

“Não gosta de mim, não tem problema. Ótimo, não quero que gostem de mim. Querem me chamar de garota de programa, querem me chamar de pedófila porque fiz um filme quando tinha 18 anos, chamem. Aliás, eu gostaria que todo mundo visse o filme, por favor. É muito bom. Querem me chamar de prostituta, chamem, mas existe uma lei chamada Menino Bernardo, que vocês vão ter de aceitar. E essa lei é clara, não pode usar violência contra criança”, disparou.

Durante o vídeo, Xuxa fala por quase duas horas, respondendo perguntas de seus seguidores sobre a ‘Lei da Palmada’; em pouco menos de 24 horas no ar, já soma mais de 380 mil visualizações. A lei 13.010/2014, conhecida como ‘Lei Menino Bernardo’, estabelece como direito da criança e do adolescente serem educados e cuidados sem o uso de castigos físicos ou de tratamento cruel ou degradante.

Amor, Estranho Amor

Desde 2010, Xuxa tenta remover este filme da internet. No último mês de maio, ela teve mais um recurso negado em ação movida contra o Google. No processo, a apresentadora pede que o site de buscas retire de seus resultados as fotos em que ela aparece nua e frases relacionando ela à prática de pedofilia, um termo que é normalmente vinculado ao filme.

Este processo está em segunda instância e foi negado pela 19ª Câmara Cível do Rio de Janeiro. “Por unanimidade, depois de rejeitadas as preliminares, no mérito, negou-se provimento ao recurso, nos termos do voto da desembargadora relatora Valeria Dacheux Nascimento”, diz o texto da decisão.

Assista ao vídeo na íntegra:

Foto: Reprodução/Facebook



No artigo