Filho de Bolsonaro chama capa da Veja de ‘fake news’

Carlos Bolsonaro ainda recomendou que seus seguidores cancelem a assinatura da revista.

3228 0

Carlos Bolsonaro ainda recomendou que seus seguidores cancelem a assinatura da revista.

Da Redação

Nesta semana, a revista Veja, aquela mesmo que passou anos plantando o ódio contra a esquerda e o PT ao lado de outros veículos de mídia, publicou uma capa dedicada ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), ao qual chamou de “ameaça”. Não demorou muito para que a família Bolsonaro reagisse.

Carlos Bolsonaro, que é vereador do Rio de Janeiro e filho do deputado, partiu para o ataque no Twitter. Compartilhando uma montagem onde chama a publicação original de ‘fake news’ e, ao lado, colocou uma versão alternativa da capa dizendo ‘A esperança Bolsonaro’.

Também na capa, o trecho “Com ideias extremistas e discurso insultuoso, o presidenciável já tem apoio de 30 milhões de brasileiros e consolida-se em segundo lugar nas pesquisas” deu lugar a “Com ideias patrióticas e discurso contagiante, o presidenciável tem apoio de 30 milhões de brasileiros cansados de sustentar corruptos”.

Leia também: Veja, que tanto plantou o ódio no país, agora trata Bolsonaro como “ameaça”

Na montagem, aproveitaram para mais uma vez fazerem apologia à Ditadura Militar. No trecho do cabeçalho que se refere a um especial de 20 páginas sobre a Revolução Russa, é citado o golpe militar de 1964 como “contra golpe militar”.

Em outros dois tuítes, o filho de Bolsonaro ainda recomendou que seus seguidores cancelassem a assinatura da revista e reclamou que a “nova direita” não saiu em defesa de seu pai.

Acompanhe:

Imagens: Reprodução/Twitter



No artigo

x