Líder do MBL é expulso de audiência por provocar tumulto

Conversas de WhatsApp revelaram que grupo pretendia agredir manifestantes contrários, ‘caso precise’. Da Redação Uma audiência pública que discutia o projeto Escola Sem Partido...

2498 0

Conversas de WhatsApp revelaram que grupo pretendia agredir manifestantes contrários, ‘caso precise’.

Da Redação

Uma audiência pública que discutia o projeto Escola Sem Partido na Câmara de São José do Rio Preto (SP) na última segunda-feira (2) terminou em confusão. Isso porque, um dos líderes do MBL (Movimento Brasil Livre) que foi convidado a integrar o debate passou o debate todo provocando as pessoas que eram contrárias ao projeto.

André Marujo, causou tanta confusão entre os presentes, que em determinado momento da audiência foi expulso do local pelos seguranças. Assista ao vídeo:

Na quinta-feira (5), o Jornal DHoje Interior revelou conversas de um grupo de WhatsApp, criado por integrantes do MBL, onde apoiadores do projeto Escola Sem Partido planejavam agredir manifestantes contrários durante a audiência. “Estão preparados para enfiar porrada em comunistas caso precise? tbém? pq tem horas q as palavras não saem! uma mão ou uma cadeira impendem (sic) a voz de sair kkkkk”. Outro diz que teria dois amigos ‘policiais a paisana armados’.

A Atem (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Municipal) solicitou investigação por parte da promotoria com base nesses diálogos. “É muito grave pessoas estarem armadas em um local onde estão sendo discutidas ideias. Isso é coisa de grupo criminoso e o vereador que armou isso (Jean Dornelas, autor do projeto) deve ser responsabilizado”, afirmou Fabiano de Jesus, diretor da Atem.

*com informações do Jornal DHoje Interior



No artigo

x