Temer pressiona ministro a liberar emendas para que deputados barrem segunda denúncia

Reunião aconteceu, neste domingo (8), no Palácio do Jaburu e teve a presença dos, também denunciados, ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. Da Redação...

498 0

Reunião aconteceu, neste domingo (8), no Palácio do Jaburu e teve a presença dos, também denunciados, ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco.

Da Redação

Neste domingo (8), Michel Temer convocou uma reunião, no Palácio do Jaburu, com seus principais aliados. A conversa foi para discutir o cronograma desta semana no Congresso, mas, sobretudo, medir as expectativas de votos com os quais o governo pode contar para a segunda denúncia contra o presidente na Câmara dos Deputados.

Dyogo Oliveira, ministro do Planejamento, esteve presente no encontro porque, segundo informou o blog de Andréia Sadi, Temer pretende acelerar a liberação de emendas parlamentares impositivas para atender a base aliada. Um dos participantes da reunião disse que o presidente pressionou o ministro, com o intuito de mostrar aos deputados que está realmente atendendo aos seus pedidos.

Isso serviria como moeda de troca do Governo, já que Temer precisa de votos para barrar a denúncia por obstrução de Justiça e organização criminosa que será analisada, em breve, na Câmara. Esse tipo de verba normalmente é destinado a pequenas obras nas bases eleitorais dos deputados.

Também foi discutida a data da análise desta denúncia, a qual Temer quer que seja votada por volta do dia 24 de outubro. Na Comissão de Constituição e Justiça, primeira instância de tramitação, o governo já espera um pedido de vista – mas avalia que a situação está “sob controle”, nas palavras de um aliado de Temer, e faltam apenas “algumas pendências” de cargos para serem resolvidas.

Também estiveram presentes no Palácio do Jaburu os, também denunciados, ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, além do deputado Darcisio Perondi (PMDB-RS), e os líderes do governo no Congresso, André Moura (PSC-SE), e o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). Henrique Meirelles também conversou com Temer neste domingo, mas em um encontro particular.

*com informações do blog de Andréia Sadi
Fotos: Marcos Corrêa/PR e Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil



No artigo

x