Depois de afastar delegado, polícia suspende depoimento de filho de Lula

Justiça também devolveu ao filho de Lula todos os aparelhos apreendidos na operação baseada em denúncia anônima

1022 0

Da Redação

A Polícia Civil suspendeu, por tempo indeterminado, o depoimento de Marcos Lula, que tinha sido intimado a comparecer a uma delegacia para falar sobre a operação de busca e apreensão feita na casa dele na terça (10).
Segundo a coluna de Mônica Bergamo, a Justiça também devolveu ao filho de Lula todos os aparelhos apreendidos na ocasião – como notebooks, CDs, DVDs e disquetes.

Uma denúncia anônima levou a polícia até a casa do filho de Lula que mora em Paulínia (SP) para apurar “consumo de drogas”, mas os policiais foram embora pois nada foi encontrado. A operação recebeu diversas críticas e foi acusada de ser uma perseguição política. O jurista Pedro Estevam Serrano, por exemplo, afirma que a realização de busca e apreensão com base em denúncia anônima é absolutamente inconstitucional e ilegal.

O delegado responsável pela operação foi afastado do caso pela Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-SP), nesta quarta (11). Em nota enviada ao jornal Folha de S. Paulo, a Secretaria afirma que investigará essa diligência em um procedimento administrativo e que, para preservar a apuração, afastou o comissário Rodrigo Luís Galazzo. E “esclarece” que a operação policial “foi realizada em cumprimento ao mandado da juíza Marta Brandão Pistelli”.



No artigo

x