Zanin se diz surpreso por Moro recusar perito na entrega de recibos

Moro determinou o prazo de 48 horas para a defesa do ex-presidente Lula entregar os recibos originais

1262 0

Do Brasil 247

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reagiu com surpresa à decisão desta sexta-feira, 13, do juiz Sérgio Moro recusar o pedido para entregar os recibos originais de pagamentos de aluguéis do apartamento vizinho ao de Lula em São Bernardo do Campo (SP) na presença de um perito.

Moro determinou o prazo de 48 horas para a defesa do ex-presidente Lula entregar os recibos originais (leia mais).

“Surpreende a defesa o fato de o juiz não aceitar a realização de uma audiência para a entrega das vias originais dos recibos, atestando o estado em que os documentos serão apresentados para dar total transparência ao ato”, disse o advogado Cristiano Zanin Martins em nota.

“Temos interesse no reconhecimento de que os documentos são autênticos, como sempre afirmamos, e atendem a recomendação de entrega feita pelo próprio juiz na audiência de 13/09. Assim que formos intimados faremos a entrega dos recibos no prazo assinalado e com as cautelas cabíveis””, completou Zanin.

O apartamento faz parte da denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF), que acusa Lula de receber propina da Odebrecht em decorrência de contratos entre a empresa e a Petrobras.

Para os procuradores, o imóvel foi comprado por Glaucos da Costamarques, a pedido do pecuarista José Carlos Bumlai, também investigados na operação. O ex-presidente nega a acusação do MPF.

A perícia contratada pela defesa do ex-presidente Lula constatou que as assinaturas de Glaucos da Costamarques nos 26 documentos revelam variações ao longo do tempo. Os peritos também apontam que os recibos foram impressos em 5 máquinas diferentes (leia mais).

 



No artigo

x