Polêmica à vista: MASP vai ter exposição da história da sexualidade

Com duas exposições com obras eróticas, as celeumas e polêmicas devem chegar a São Paulo

3918 0

Com duas exposições com obras eróticas, as celeumas e polêmicas devem chegar a São Paulo

Da Redação

O Museu de Arte de São Paulo (MASP) traz algumas exposições que devem causar celeumas e polêmicas. Uma delas já está em cartaz e deve ter passado despercebido pelas cajazeiras de plantão. É a mostra “Erótica”, do pernambucano Pedro Correia de Oliveira.

A outra, prometida para outubro é a continuação da programação do projeto “Histórias da Sexualidade”, que começou no museu em outubro de 2016 em forma de seminário e deve ter a exposição inaugurada em outubro de 2017.

Com curadoria de Adriano Pedrosa. “O público poderá observar mais de 200 obras do acervo do museu com “Corpos Nus, Totemismos, Religiosidade, Performatividade de Gênero, Jogos Sexuais, Mercado de Sexo, Linguagens e Voyeurismo.” São desenhos, pinturas, esculturas e fotografias. Os elementos suspeitos: Anita Malfatti, Francis Bacon, Edgar Degas, Lasar Segall, Cícero Dias e Pablo Picasso, entre outros.



No artigo

x